Inventário e Partilha amigável sem herdeiros menores de idade

set

17

2015

minha Avó faleceu recentemente (minha mãe antes dela), tenho mais duas tias, ou seja 3 pessoas para partilha que são minhas 2 tias e 1 eu único herdeiro de minha Mãe.

Atualmente estamos fazendo o processo de inventário e partilha que já está demorando 3 anos (fazendo 3 anos em novembro de 2015 agora), ela deixou para nós dinheiro em duas contas de bancos (poupança) e duas casas uma aqui em Manaus e outra em São Paulo (ambas já foram pagos o ITCMD já emitidas as certidões negativas) e escolhido para ser a inventariante responsável uma das tias.

Meu Tio, indicou que minha Tia (inventariante e sua esposa) fosse em um escritório de advocacia para dar entrada no processo de inventário e partilha. Porém isso já fazem quase 3 anos.

De uns tempos pra cá comecei a acompanhar mais de perto o processo e pesquisar sobre o assunto. Vi que processo poderia ter sido feito Extrajudicialmente, visto que todas as partes são de maior e já tinham acertado sobre a partilha amigavelmente.

O processo 0716975-51.2012.8.04.0001 está sendo julgado no Tribunal de Justiça do Amazonas (http://consultasaj.tjam.jus.br/) acredito que já estamos nos estágios finais pois já pagamos o ITCMD e agora estamos tentando a Justiça Gratuita pois não temos condição de pagar os custos da mesma.

Tendo dito isto, gostaria de fazer as seguintes perguntas:

- O processo começou tropeçando pois um dos Advogados estava com a licença inválida, isto pode ter atrasado no processo ? (vide histórico do processo supracitado)
- Aparentemente o valor que minha Tia acertou com o escritório de advocacia é 6% do valor do monte mor, sendo que este valor é um pouco alto o que não seria problema, porém recentemente vi que o escritório de advocacia cometeu mais um erro e colocou o endereço da partilha errado da parte da casa que me cabe. Ou seja esse valor de 6% pela qualidade dos serviços prestados está absurdamente caro. Ressaltando, na tabela de UHA (unidade de honorários advocatícios) aqui do estado são de R$ 50,24 centavos, sendo que a relação custo/benefício/qualidade que o escritório de advocacia está prestando está muito abaixo do esperado pelo percentual do valor a ser pago tendo em vista o valor do ação. Tendo dito isto gostaria de perguntar, é possível trocar de advogado e cancelar o contrato nesta parte do processo ? Seria possível solicitar os honorários até agora dos advogados contratados e pagar somente pelos honorários dos mesmos (tendo em vista que o valor seria pelo menos a metade do que os 6% do contrato) ?

- Sei que as vezes os processos ficam aguardando no fórum e os advogados não podem fazer nada, porém não tenho acesso a essas datas (se estão no processo online supracitado não os sei indentificar), logo não tenho como saber se o escritório de advocacia está tomando às ações em tempo hábil, o que implica ainda mais sobre a credibilidade da qualidade benefício do valor que pagará, com o que estamos recebendo de auxílio.

Desculpe o texto longo mas é necessário para expor o processo de forma clara e também nossas preocupações.

em: Direito Civil e Processo Perguntado por: [2 Grey Star Level]
Atendimento Individualizado
Enquanto não há resposta para essa pergunta, poderá se tornar um usuário premium para atendimento individualizado. Mais informações em contratar consulta advogado online.

Sabe a resposta?

Você deve estar Logged In para postar respostas.

Ainda não é um membro? Registre-se »