Impedido de entrar e praticar esporte em um clube público

set

6

2013

Boa tarde,

Eu e o meu marido frequentamos um clube público da prefeitura e lá jogamos tênnis.
Na semana passada caiu uma bolinha no telhado do ginásio ao lado das quadras e tem uma escada que utilizamos sempre que as bolinhas caem lá em cima. Meu marido subiu pela entrada da área das quadras que tecnicamente seria no andar de cima, e não fica alto, como seria se fosse pelas quadras.
Uma pessoa viu e foi chamar o diretor que veio “bufando” dizendo que não podia e tomou a carteirinha do meu marido e o proibiu de entrar no clube até ele decidir qual decisão tomar. Não quis conversa, só mandou meu marido voltar na 3ª feira passada (03/09) para conversarem.
Meu marido foi 4 vezes para falar com o diretor, mas nunca estava ou quando estava não podia falar, como se ninguém trabalhasse. Ontem ele foi 2 vezes (sendo que a 1ª que podia falar com ele pra voltar outra hora e na 2ª deu um “chá de canseira” de quase 1 hora brincando com as funcionárias do setor), enfim, falou para o meu marido que teria que aguardar o jurídico decidir o que vai fazer, porque por ele já teria expulsado.
Obs.: Na 3ª feira, as quadras abriram depois das 12h, mas um rapaz chegou lá e viu tudo trancado, pulou a grade e desacatou a funcionária que pediu para que ele se retirasse das quadras, pois ainda não haviam sido abertas. Chamaram os seguranças e esse mesmo diretor. O rapaz infrator pediu desculpas e disse que era uma boa pessoa e o diretor simplesmente não fez nada e ainda por cima o cara ficou jogando como se nada tivesse acontecido, ou seja, pulou de uma altura que podia ter se machucado também, e ainda por cima invadiu um lugar fechado e não obedeceu a funcionária.
Gostaria de saber o que meu marido pode fazer nesse caso,sendo que não há normativas dizendo o que pode ou não pode, além do bom senso, é claro.
Mas, no caso de proibir a entrada ou de jogar sem nenhuma advertência, conversa ou no mínimo uma tentativa de se defender ou desculpar (como o outro conseguiu).
Tem alguém que o meu marido possa conversar para acertar isso? Acredito que se 1 pode, todos podem, então ele terá que punir todos igualmente. O que ele pode alegar?

Obrigada pela atenção e fico no aguardo.

em: Direito Civil e Processo Perguntado por: [2 Grey Star Level]
Atendimento Individualizado
Enquanto não há resposta para essa pergunta, poderá se tornar um usuário premium para atendimento individualizado. Mais informações em contratar consulta advogado online.

Sabe a resposta?

Você deve estar Logged In para postar respostas.

Ainda não é um membro? Registre-se »